terça-feira, 13 de abril de 2010

Por onde anda o feminismo?

As vezes eu fico meio encabulado de ver mulheres que eu admiro em situações constrangedoras somente para cumprir o papel de 'mulher-moderna-super-sexy' (vulgo 'biscate') . Fica parecendo que eu falo sempre dos mesmos assuntos, e na verdade falo mesmo, fico ratificando o que disse anteriormente (em posts anteriores). Quando eu falo da sensualidade como parâmetro de status, penso o quanto é contraditório algumas mulheres pregarem o feminismo dizendo que são os homens quem impôem suas “leis machistas, que tratam a mulher como um pedaço de carne para o seu bel prazer”.
Ora, então esse bando de artistas (mulheres) pop-modernas, são obrigadas a se comportarem dessa maneira?

(Shakira)

(Lady Gaga)

(Fergie / Black Eye-Peas)

(Beyonce)


Conclusão: Não existe feminismo, o que existe é: "quando a outra (minha 'rival') se coloca de forma super sexy, ela é biscate, quando sou eu, sou poderosa". Ou pra resumir: "se a gostosa em questão não sou eu, me dá inveja, viro feminista na hora!"
Hipocrisia.

3 comentários:

Babi disse...

escrevi uma redação sobre isso HOJE! não relacionado à sensualidade, mas o feminismo em si!

Fabi Franco disse...

Adorei seu post, concordo plenamente, às vezes sinto vergonha da minha "espécie" rsss... Beijos!!!

Fabi Franco disse...

Adorei seu post, concordo plenamente, às vezes sinto vergonha da minha "espécie" rsss... Beijos!!!